Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Porque é que as mulheres continuam a ganhar menos?

por Madalena Queirós, em 22.02.16

ganham menos.jpg

Desigualdade salarial

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:57

Saiba como arranjar emprego através do linkedin

por Madalena Queirós, em 02.02.16

Com mais de 400 milhões de pessoas ligadas em todo o mundo, o linkedin pode ser o lugar onde vai encontrar a sua próxima oportunidade de carreira. Mesmo que não esteja a procura de emprego. Pelo menos é o que acontece a 80% dos utilizadores.

Truques para gerir a sua carreira no linkedin

linkedin.jpg

Mesmo que não esteja à procura de emprego, ter um perfil forte no linkedin é essencial para ter sucesso na carreira. Este “novo cartão de visita digital” já é mais importante que o currículo. O Linkedin já é o principal meio utilizado para recrutar no mundo. Saiba o que deve ou não fazer no uso desta ferramenta, segundo os conselhos do especialista Rui Caramez e do managing partner da Stanton Chase, José Bancaleiro. 1. Crie um plano de acção no Linkedin Há que “definir uma estratégia para aproveitar ao máximo esta ferramenta de promoção fantástica”, diz José Bancaleiro, managing partner da Staton Chase. Trace um plano de acção. Crie um perfil e mantenha-o actual. “O perfil do linkedin tem que estar sempre actualizado, porque está disponível 24 horas por dia para todo o mundo”, ressalva Rui Caramez. Comece por escolher uma “boa imagem” para colocar. Depois não é suficiente listar os cargos ocupados. O perfil deve revelar todas as competências adquiridas, as experiências e também “as minhas ambições”, esclarece o autor da obra “Como ter sucesso no Linkedin” em entrevista ao Capital Humano do Económico TV . Depois deve dedicar pelo menos 20 minutos por dia a actualizar o seu perfil. “Quanto mais tempo dedicar maiores são as probabilidades de conseguir uma boa colocação”, acrescenta José Bancaleiro. 2. Associe-se a grupos Deve procurar integrar grupos que juntem profissionais da sua área. Por exemplo, se pertencer a um grupo de engenheiros civis, poderá passar a receber oportunidades de emprego todos os dias. “Só em língua portuguesa existem mais de 40 mil grupos, sendo a quarta língua com maior número de grupos do mundo”, sublinha Rui Caramez. 3.Como chamar a atenção de um ‘head hunter? “Ter um perfil forte, pelo histórico profissional, pela relevância das palavras-chave que inclui” é meio caminho andado para chamar a atenção de um “head hunter”, diz Rui Caramez. Os recrutadores recorrem cada vez mais a esta ferramenta nos processos de recrutamento e é preciso chamar-lhes a atenção. Para isso o “utilizador deve desenvolver processos relacionais com esses recrutadores, o que deve começar antes de iniciar um processo activo de procura de emprego”. 4.Erros a evitar no Linkedin “Em transição”, “à procura de desafios” ou “desempregado” são palavras proibidas no seu perfil, diz José Bancaleiro. Porque nenhum recrutador vai utilizar essas palavras na sua busca. O cargo colocado também não pode ser demasiado genérico. Ter mais que um perfil no ‘linkedin’ é outro dos erros mais habituais que a maioria das pessoas nem sequer se apercebe. Basta responder a um convite de alguém enviado para uma 2ª conta de email para que ganhe um novo perfil. Neste caso deve solicitar ao linkedin que funda estas diferentes contas. Depois não deve ter apenas o seu perfil em inglês. “Se a busca for feita por um recrutador em português, o seu perfil nunca vai surgir na filtragem”, explica Rui Caramez. Deve ter um perfil em várias línguas. Publicado no caderno Universidades e Emprego de 1 de Fevereiro de 2016

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

Conheça os melhores MBA do mundo!

por Madalena Queirós, em 28.01.16

Lisbon MBA é o 15º melhor da Europa

O INSEAD ultrapassou Harvard e foi eleito no ranking do Financial Times o melhor MBA do mundo. O Lisbon MBA é 40º melhor do mundo. Parabéns!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:33

Mais de 300 oportunidades de emprego

por Madalena Queirós, em 28.01.16

"Qual é tua cena?" ou "what's your thing?" é o mote da campanha de recrutamento que está a ser lançada pela KPMG. Ao todo são 200 vagas disponíveis para recém-diplomados e 50 para quadros com experiênciaSaiba como concorrer a estas oportunidades.

image.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:18

NOVA IMS garante 100% de empregabilidade

Um salário líquido próximo dos 1.500 euros mensais e emprego garantido, um mês depois de terminar o curso. Este é o percurso dos alunos que terminam um mestrado na Nova Information Management School (Nova IMS). “Elevada empregabilidade, um bom nível salarial à entrada na carreira e a satisfação dos alunos” são os ingredientes principais que permitem à Nova IMS colocar três mestrados na lista dos três melhores do mundo, diz Pedro Simões Coelho, director da faculdade. O ‘ranking’ do Eduniversal que avalia 12 mil cursos em todo o mundo acaba de colocar três mestrados desta escola no top 3 dos melhores do planeta em várias áreas de gestão de informação. A lista, elaborada pela agência internacional de ‘rating’, avalia o maior número de programas de mestrados e pós-graduações em 154 países. Os ‘rankings’ da Eduniversal distinguem mestrados e outros programas de especialização do ensino superior em 30 áreas de formação, avaliando factores como a reputação do programa e da escola, perspectivas de carreira, primeiro salário e satisfação dos alunos. A nova distinção a Nova IMS junta-se a um currículo onde se inclui o primeiro curso europeu a ser acreditado pela agência americana ABET: a licenciatura em Sistemas e Tecnologias de Informação. A ABET é uma organização com programas acreditados em quase 30 países e mais de 700 faculdades e universidades, é líder mundial na certificação da qualidade e na promoção da inovação dos programas académicos nas áreas da ciência aplicada, computação, engenharia e outras áreas da tecnologia. Um sector que cresce 30% ao ano A área da gestão de informação é um dos sectores que mais deverá crescer em termos de oportunidades de emprego nos próximos anos. Só nos EUA estima-se que, em 2018, haverá um défice de 200 mil profissionais na área da gestão de informação. Em Portugal vive-se um cenário de pleno emprego. O mais curioso é que muitos licenciados em ciências sociais estão a encontrar nos mestrados e pós-graduações da Nova IMS, um caminho para reentrar no mercado de trabalho em carreiras nacionais e internacionais. “São casos de sucesso de reconversão de profissionais que após a formação entram em excelentes carreiras nacionais e internacionais”, revela o director da Nova IMS, Pedro Simões Coelho. Só no ano passado registou-se um crescimento de 30% na oferta de empregos nesta área em Portugal. Publicado no Caderno Universidades e Emprego do Económico no dia 4 de Janeiro.

nova IMS.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:48

mauro.jpg

É essencial estar em forma para ter sucesso

Fazer exercício físico é condição essencial para ter "um bom desempenho profissional". Porque depois do exercício voltamos "mais motivados e com vontade de produzir mais e melhor", afirma Mauro Policarpo, treinador do programa "Peso pesado Teen" em entrevista ao Capital Humano do ETV.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:43

Hotéis abrem caça aos talentos no início do ano

por Madalena Queirós, em 04.01.16

hoteis tivoli.jpg

O turismo vai ser um dos sectores que mais vai recrutar em Portugal neste ano que acaba de começar. Em 2015 as contratações cresceram 30%. Uma tendência que promete continuar. Até 2020, o número de turistas em Portugal deve crescer cerca de 40%. O que significa um acréscimo de quatro milhões de novos turistas, de acordo com as previsões da Organização Mundial do Turismo. E o número de novos hotéis aumentou 135% relativamente ao ano anterior. O sector do turismo teve uma facturação superior a 2,2 mil milhões de euros em 2015. Para fazer face a este crescendo de procura, as unidades hoteleiras estão a reforçar as contratações. É o caso do Grupo Tivoli Hotels & Resorts que estreia este ano o “Tivoli Open Day”.

Hotéis Tivoli recrutam 350 pessoas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:21

Horta e costa.jpg

Os conselhos de Miguel Horta e Costa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:11

Banca, engenharia e economia são alguns dos sectores que estão à procura de colaboradores em Portugal. Conheça aqui a lista.

bnp paribas.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:51

Sete em cada dez empresas vão recrutar no próximo ano

por Madalena Queirós, em 21.12.15

recrutamento.jpg

A maioria das empresas espera recrutar até nove pessoas no próximo ano. 1. Quantas empresas vão recrutar e quantas pessoas em 2016? “Com o crescimento das exportações e da procura, as empresas procuram reforçar os seus quadros com colaboradores que asseguram as áreas produtivas”, esclarece Miguel Albuquerque, Head of Productized Services do Hay Group. Assim 73% das empresas querem contratar em 2016. Cerca de 28% dos gestores inquiridos estimam recrutar mais de 25 pessoas, embora 60% esperem recrutar no máximo nove pessoas. 2. Em que áreas haverá mais recrutamentos? Produção e vendas são as áreas onde deverão verificar-se mais contratações. Seguem-se a engenharia e os sectores administrativos e de suporte, marketing, IT e telecomunicações. Os recursos humanos e a área financeira deverão registar a menor percentagem de novos recrutamentos. 3. Quantas empresas apostam na remuneração variável? Cerca de 94% das empresas deverão apostar em políticas de remuneração variável. O seguro de saúde é o benefício mais comum. Seguem-se o subsídio de alimentação (78%) e o automóvel (74%). Apenas 45% das empresas atribuem dias de férias extra.

Publicado no Caderno Universidades do Diário Económico em 21/12/2015

Cerca de 73% das empresas vão recrutar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:32


Sobre a autora

Madalena Queirós, jornalista especializada há mais de 20 anos nos temas de Ensino Superior e Emprego. Apresenta também o programa Capital Humano, no Económico TV, e fundou e edita o suplemento Universidades & Emprego do Diário Económico.

Neste blog vai encontrar ferramentas para controlar o rumo da sua carreira.

Links

Onde procurar emprego

Nas notícias



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D