Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Horta e costa.jpg

Os conselhos de Miguel Horta e Costa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:11

Banca, engenharia e economia são alguns dos sectores que estão à procura de colaboradores em Portugal. Conheça aqui a lista.

bnp paribas.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:51

Sete em cada dez empresas vão recrutar no próximo ano

por Madalena Queirós, em 21.12.15

recrutamento.jpg

A maioria das empresas espera recrutar até nove pessoas no próximo ano. 1. Quantas empresas vão recrutar e quantas pessoas em 2016? “Com o crescimento das exportações e da procura, as empresas procuram reforçar os seus quadros com colaboradores que asseguram as áreas produtivas”, esclarece Miguel Albuquerque, Head of Productized Services do Hay Group. Assim 73% das empresas querem contratar em 2016. Cerca de 28% dos gestores inquiridos estimam recrutar mais de 25 pessoas, embora 60% esperem recrutar no máximo nove pessoas. 2. Em que áreas haverá mais recrutamentos? Produção e vendas são as áreas onde deverão verificar-se mais contratações. Seguem-se a engenharia e os sectores administrativos e de suporte, marketing, IT e telecomunicações. Os recursos humanos e a área financeira deverão registar a menor percentagem de novos recrutamentos. 3. Quantas empresas apostam na remuneração variável? Cerca de 94% das empresas deverão apostar em políticas de remuneração variável. O seguro de saúde é o benefício mais comum. Seguem-se o subsídio de alimentação (78%) e o automóvel (74%). Apenas 45% das empresas atribuem dias de férias extra.

Publicado no Caderno Universidades do Diário Económico em 21/12/2015

Cerca de 73% das empresas vão recrutar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:32

dinheiro.jpg

Os salários em Portugal vão crescer 1,33%, menos que a média europeia e mundial. No planeta espera-se um aumento de salário médio de 2,5%. O valor mais alto dos últimos três anos. As regiões da América Latina e a China serão as geografias com maior revalorização salarial. A Europa terá o aumento salarial médio mais baixo de todo o mundo.Estas são algumas das conclusões do estudo “Work Force + Pay 2016” lançado pela Korn Ferry/Hay Group. 1. Quanto vão crescer os salários em Portugal? Prevê-se um aumento salarial médio em Portugal de 1,33% no próximo ano. O que fica abaixo do aumento registado este ano (1,5%). A evolução dos salários em Portugal fica, no entanto, muito abaixo da expectativa do resto do mundo onde se espera um aumento salarial médio de 2,5%, o valor mais alto dos últimos três anos. Por continente, os países da América Latina deverão ter o maior aumento com uma média de 11,4%, seguindo-se a Ásia com 6,5%. 2. Quais as funções com maior aumento de salário? São os directores de segunda linha, quadros superiores, gestores intermédios, técnicos qualificados, administrativos e operativos os que terão o maior aumento salarial (1,4%) . Já os directores de primeira linha que este ano foram os mais beneficiados deverão ter um aumento de apenas 1,1% em 2016. Mas baixa a percentagem de empresas que esperam aumentar os seus colaboradores para 73%, quando este ano o valor foi de 84%. 3. Quais os sectores que pagam salários mais elevados? A energia, surge em primeiro lugar na lista dos sectores mais bem pagos com um salário médio 21% acima média em Portugal. Segue-se a indústria automóvel com um remuneração média 16% acima. Os bens de consumo são o terceiro da lista, embora com um salário médio de 7% mais elevado. 4. Quais os sectores que pagam pior? A distribuição e o retalho são os sectores que pagam pior com um salário médio 15% abaixo da rendimento médio no mercado de trabalho português. Depois segue-se a construção com uma remuneração total 12% inferior à média nacional. Também o sector industrial tem uma remuneração 8% abaixo da média. O sector financeiro é a outra área de actividade com remuneração média abaixo da média em 2%. 5. Quanto ganha um licenciado? Em média, um licenciado ganha 13.225 euros por ano, o que representa uma quebra de 775 euros relativamente ao salário pago no ano anterior. Mas se contabilizarmos a evolução dos salários nos últimos três anos registou-se um crescimento de 5% no salário bruto. 6. Qual o vencimento de um mestre? Tirar o grau de mestre depois da licenciatura continuam a valer a pena. Em média quem tem o grau de mestre ganha mais dois mil euros que um licenciado. Mas, ao contrário, dos licenciados, em termos de evolução de salários, os mestres tiveram uma redução de 5% nos últimos três anos. Publicado no Diário Económico em 21/12/2015

Radiografia da evolução dos salários.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:29

praxes.jpg

São números preocupantes. A maioria dos estudantes inquiridos pelo Universia revela que a praxe tem consequências psicológicas e provoca abandono escolar.

Portugal continua a ser um dos países com maior percentagem de alunos 'praxados'

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:12

Saiba como entrar num mercado que vale 600 mil milhões

por Madalena Queirós, em 14.12.15

Há quem pague 30 mil euros para passar a noite num hotel do Dubai. Há quem compre relógios de 800 mil euros. Extravagâncias de um mercado que, apesar da crise, não pára de crescer! Revelações do especialista Carlos Ferreirinha que trabalhou na Louis Vuitton, numa entrevista ao Capital Humano, o programa que apresento no ETV.

LUXO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Revelações sobre as oportunidades e as estratégias para vencer nas marcas de luxo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:33

disney.jpg

Conheça algumas das empresas que estão a recrutar em Portugal!

Oportunidades de emprego em Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:54

Conheça um curso com 97% de empregabilidade

por Madalena Queirós, em 02.12.15

Um diploma que garante pleno emprego

.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:47

Mulheres ganham menos 180 euros por mês que os homens

por Madalena Queirós, em 01.12.15

mesa diversidade.JPG

Sabia que as mulheres ganham menos 178 euros por mês que os homens? E que apesar de já representarem mais de 60% dos diplomados do ensino superior ocupam, apenas, 7% dos lugares de administração das grandes empresas em Portugal. O Fórum Económico Mundial prevê que só em 2095 haverá igualdade entre homens e mulheres no mercado de emprego. Como acelerar esta lenta progressão para a paridade de género no trabalho? Este foi um dos temas em debate na Mesa Aberta para Diversidade organizada pelo Deutsche Bank na NOVA SBE que tive o prazer de moderar. Na mesa estavam: Bernardo Meireles, CEO do Deutsche Bank, Rita Campos e Cunha,professora da Nova SBE e Directora Académica dos mestrados/programas pré-experiência e Maria Serina do Portal Executiva.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:03

images fdl.jpg

A Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa lidera a lista com mais ministros formados. Direito é a área em que se diplomaram mais ministros. Seguem-se Economia e Engenharia.

Confira aqui onde se formaram os ministros do actual governo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:34

Pág. 1/2



Sobre a autora

Madalena Queirós, jornalista especializada há mais de 20 anos nos temas de Ensino Superior e Emprego. Apresenta também o programa Capital Humano, no Económico TV, e fundou e edita o suplemento Universidades & Emprego do Diário Económico.

Neste blog vai encontrar ferramentas para controlar o rumo da sua carreira.

Links

Onde procurar emprego

Nas notícias



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D