Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




NOVA IMS garante 100% de empregabilidade

Um salário líquido próximo dos 1.500 euros mensais e emprego garantido, um mês depois de terminar o curso. Este é o percurso dos alunos que terminam um mestrado na Nova Information Management School (Nova IMS). “Elevada empregabilidade, um bom nível salarial à entrada na carreira e a satisfação dos alunos” são os ingredientes principais que permitem à Nova IMS colocar três mestrados na lista dos três melhores do mundo, diz Pedro Simões Coelho, director da faculdade. O ‘ranking’ do Eduniversal que avalia 12 mil cursos em todo o mundo acaba de colocar três mestrados desta escola no top 3 dos melhores do planeta em várias áreas de gestão de informação. A lista, elaborada pela agência internacional de ‘rating’, avalia o maior número de programas de mestrados e pós-graduações em 154 países. Os ‘rankings’ da Eduniversal distinguem mestrados e outros programas de especialização do ensino superior em 30 áreas de formação, avaliando factores como a reputação do programa e da escola, perspectivas de carreira, primeiro salário e satisfação dos alunos. A nova distinção a Nova IMS junta-se a um currículo onde se inclui o primeiro curso europeu a ser acreditado pela agência americana ABET: a licenciatura em Sistemas e Tecnologias de Informação. A ABET é uma organização com programas acreditados em quase 30 países e mais de 700 faculdades e universidades, é líder mundial na certificação da qualidade e na promoção da inovação dos programas académicos nas áreas da ciência aplicada, computação, engenharia e outras áreas da tecnologia. Um sector que cresce 30% ao ano A área da gestão de informação é um dos sectores que mais deverá crescer em termos de oportunidades de emprego nos próximos anos. Só nos EUA estima-se que, em 2018, haverá um défice de 200 mil profissionais na área da gestão de informação. Em Portugal vive-se um cenário de pleno emprego. O mais curioso é que muitos licenciados em ciências sociais estão a encontrar nos mestrados e pós-graduações da Nova IMS, um caminho para reentrar no mercado de trabalho em carreiras nacionais e internacionais. “São casos de sucesso de reconversão de profissionais que após a formação entram em excelentes carreiras nacionais e internacionais”, revela o director da Nova IMS, Pedro Simões Coelho. Só no ano passado registou-se um crescimento de 30% na oferta de empregos nesta área em Portugal. Publicado no Caderno Universidades e Emprego do Económico no dia 4 de Janeiro.

nova IMS.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:48



Sobre a autora

Madalena Queirós, jornalista especializada há mais de 20 anos nos temas de Ensino Superior e Emprego. Apresenta também o programa Capital Humano, no Económico TV, e fundou e edita o suplemento Universidades & Emprego do Diário Económico.

Neste blog vai encontrar ferramentas para controlar o rumo da sua carreira.

Links

Onde procurar emprego

Nas notícias



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D